Quem conta um conto…

entrada livre

O imaginário popular é constituído pelas histórias do dia-a-dia, pela sabedoria coletiva, pela criatividade singular de quem as conta e reconta.
Para comemorar as efemérides de aniversários e o dia dos museus vamos dar voz a estas histórias portuguesas que relatam parcelas da economia familiar, mostram para que serve o dinheiro, que emoções gera o ouro e se o vil metal também cria valor. 

A narrativa oral é património e ajuda-nos a compreender de onde vimos e como vivemos noutras épocas. 
O imaginário popular é constituído pelas histórias do dia-a-dia, pela sabedoria coletiva, pela criatividade singular de quem as conta e reconta. Talvez por isso o ouro e o dinheiro estejam tão presentes nestas histórias que correm de boca-em-boca e moldam os modos de estar em sociedade, geram preconceitos e mitos, mas também nos mostram as dificuldades da vida, as crenças, as virtudes humanas e a sua moral, a resiliência e a forma de ultrapassar os mais improváveis desafios. 
Para comemorar as efemérides de aniversários e o dia dos museus vamos dar voz a estas histórias portuguesas que relatam parcelas da economia familiar, mostram para que serve o dinheiro, que emoções gera o ouro e se o vil metal também cria valor. Convidamos contadores profissionais para a pesquisa e interpretação das narrativas pelo museu durante todo o dia. 

Contadores: António Fontinha | Miguel Horta | Ana Sofia Paiva

Informações

Teatro
Quem conta um conto…

Sábado, 13 de abril às 11h30, 12h30, 14h30, 15h30, 17h00 e às 17h30 (15 min.)

Domingo, 19 de maio às 11h30, 12h30, 14h30, 15h30, 17h00 e às 17h30 (15 min.)

Todos os públicos (>8 anos)  

Mais informações para info@museudodinheiro.pt ou +351 213 213 240

Veja também:

Receba as novidades
do Museu do Dinheiro

Inscreva o seu email para receber novidades sobre as actividades e exposições do Museu do Dinheiro.

É obrigatória a indicação deste campo.

Obrigado.

Acabou de lhe ser enviado um e-mail para confirmar o seu registo e validar o seu endereço de e-mail.

Por favor, clique no link nesse e-mail para confirmar a sua inscrição.
Não foi possível subscrever o seu email. Por favor tente mais tarde.