De Roma a Lisboa

De Roma a Lisboa é a primeira programação de 2020 do Museu do Dinheiro. O que têm em comum estas duas cidades, para além das sete colinas? Uma resposta possível é a relação, de modo diferente, mas sempre profunda e intrincada, com o Vaticano. Em abril, o Museu inaugura mais uma exposição temporária, Moeda, fé e Poder. A partir da coleção numismática do Vaticano, onde o público português poderá ver uma seleção de 46 moedas e medalhas do extraordinário medagliere da Biblioteca Apostólica do Vaticano em diálogo com arte sacra e documentos de coleções nacionais.

Março é mês da economia no Museu do Dinheiro – como se todos os outros não o fossem! Desafiamos todos aqueles para quem cidadania significa, também, inclusão financeira, descobrir e compreender o papel que o Banco de Portugal tem na vida dos cidadãos. O mais recente núcleo do Museu mostra-lhe de forma acessível e interativa o que fazemos todos os dias no Banco Central.

Abril é mês de aniversário e celebramos com o Museu de Lisboa num percurso partilhado, onde pode descobrir o que se esconde sob as ruas que vão de S. Julião ao Campo das Cebolas.

Ao longo de toda a programação teremos também, como habitual, atividades para famílias, cinema, seminários, teatro e música.

A temporada culmina com a celebração do Dia Internacional dos Museus, ao som das Sete Últimas Palavras de Cristo na Cruz de Joseph Haydn, numa versão para quarteto de cordas acompanhada de textos de José Saramago.

Receba as novidades
do Museu do Dinheiro

Inscreva o seu email para receber novidades sobre as actividades e exposições do Museu do Dinheiro.

É obrigatória a indicação deste campo.

Obrigado.

Acabou de lhe ser enviado um e-mail para confirmar o seu registo e validar o seu endereço de e-mail.

Por favor, clique no link nesse e-mail para confirmar a sua inscrição.
Não foi possível subscrever o seu email. Por favor tente mais tarde.