marcação prévia

Jornadas Europeias do Património

entrada livre

No âmbito das Jornadas Europeias do Património

 

Reabilitação da antiga igreja de S. Julião

Conhece a história da antiga igreja que mudou de quarteirão e chegou a ser casa-forte?

No cenário da antiga igreja de S. Julião fala-se da reabilitação do património construído e da forma como a cidade contemporânea se conjuga com a arquitetura pombalina.

 

Oriente, Ocidente. Entre cá e lá

De cá para lá. De lá para cá. Assim começa uma história nem sempre linear.

Sob a forma de dinheiro ou não, muitos artefactos no museu sugerem a riqueza do encontro entre o Ocidente e o Oriente e o fascínio pelo conhecimento de outras culturas. Poderá o dinheiro unir e não dividir?

 

O renascimento de uma cidade: Lisboa e o terramoto de 1755

A antiga igreja é o ponto de partida para “imaginar” o terramoto de 1755, os registos e as repercussões do cataclismo em Lisboa. 

Em dois momentos, apresentam-se temáticas específicas, que sugerem um olhar cruzado, focado nas vivências dos cidadãos do séc. XVIII (culturais, sociais e políticas) e nas transformações provocadas pelo impacto do acontecimento na arquitetura e na organização da cidade.

 

 

 

Informações

Visitas especiais no âmbito das Jornadas Europeias do Património

Sábado, 24 de setembro

Reabilitação da antiga igreja de S. Julião, às 11h30 (90 min.)

Oriente, Ocidente. Entre cá e lá, às 15h00 (90 min.)

O renascimento de uma cidade: Lisboa e o terramoto de 1755, às 16h30 (90 min.)

Para adultos e jovens (> 14 anos)

Marcação prévia

Reservas de terça a sexta das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00, para info@museudodinheiro.pt ou +351 213 213 240

Receba as novidades
do Museu do Dinheiro

Inscreva o seu email para receber novidades sobre as actividades e exposições do Museu do Dinheiro.

É obrigatória a indicação deste campo.

Obrigado.

Acabou de lhe ser enviado um e-mail para confirmar o seu registo e validar o seu endereço de e-mail.

Por favor, clique no link nesse e-mail para confirmar a sua inscrição.
Não foi possível subscrever o seu email. Por favor tente mais tarde.