O valor da confiança no dinheiro

entrada livre

Confiança, contrafação e segurança são os três focos desta exposição, que se apresenta em paralelo com a coleção do museu.

A confiança é a base que sustenta as relações sociais, um valor que confere estabilidade, segurança e previsibilidade à sociedade. Também para o dinheiro a confiança é estruturante – uma moeda sólida sem confiança deteriora‐se.
Em colaboração com outras entidades, o Banco de Portugal desempenha um papel fundamental na conservação da confiança no Euro, numa função que se inscreve num percurso histórico de luta contra a fraude, tão antigo quanto a própria moeda.
Confiança, contrafação e segurança são os três focos desta exposição, que se apresenta em paralelo com a coleção do museu. Instrumentos, documentos e objetos extraordinários permitem contextualizar os temas, testar com equipamentos de laboratório o dinheiro que usamos todos os dias, descobrir as marcas e os segredos que conferem genuinidade à moeda e nota, e reconhecer as características físicas que fazem do Euro um meio de pagamento seguro e confiável.

Informações

Exposição temporária
O valor da confiança no dinheiro
De 28 de novembro 2018 a 24 de fevereiro 2019

Visitas especiais
Com o curador João Pedro Vieira, aos sábados:

15 de dezembro às 10h30 (90 min)
12 de janeiro às 14h30 ( 90 min.)
26 de janeiro às 10h30 (90 min.)
23 de fevereiro às 14h30 (90 min.)

Nos outros sábados, as visitas orientadas à exposição O valor da confiança no dinheiro, serão realizadas pela equipa do serviço educativo do Museu às 16h30 (90 min.)

Marcação prévia
Adultos e jovens (>14 anos)

Mais informações para info@museudodinheiro.pt ou +351 213 213 240

 

Receba as novidades
do Museu do Dinheiro

Inscreva o seu email para receber novidades sobre as actividades e exposições do Museu do Dinheiro.

É obrigatória a indicação deste campo.

Obrigado.

Acabou de lhe ser enviado um e-mail para confirmar o seu registo e validar o seu endereço de e-mail.

Por favor, clique no link nesse e-mail para confirmar a sua inscrição.
Não foi possível subscrever o seu email. Por favor tente mais tarde.